VI Anais Fórum Paranaense de Musicoterapia 

1. Expediente.

2. Apresentação.

3. Jovens no espaço interativo da Musicoterapia: o que objetivam por meio da linguagem musical.

(Rosemyriam Cunha)


4. A formação do professor musicoterapeuta: um professor reflexivo.

(Sheila Beggiato Volpi)


5. Musicalidade clínica: uma compreensão da escuta e da produção musical do musicoterapeuta no contexto clinico musicoterápico.

(Clara Márcia Piazzeta e Leomara Craveiro de Sá)


6. Fatores motivacionais dos funcionários das instituições públicas de ensino superior público do Paraná, na capital do Estado.

(Lydio Roberto Silva)


7. A prática pedagógica do professor musicoterapeuta: implicações na formação do profissional.

(Jônia Maria Dozza Messagi)


8. Avaliação musicoterápica diagnóstica: uma necessidade na equipe multidisciplinar.

(Lílian Hübner Lüdtke)


9. Mitos e realidades sobre verdadeiros limites da profissão.

(Bárbara Trelha Oiveira)

10. Música e imagem ou seria, a musicalidade das imagens.

(Alyne Alessandra Mizutani)

11. Musicoterapia no alívio da dor neuropática.

(Patricia Maria de Souza e Helvércio Fernando Polsaque Alves)

12. Musicoterapia: a música como diferencial terapêutico. A música, o som e suas funções numa prática terapêutica em busca da saúde.

(Ilza Cristiane de Oliveira Câmara, Eulide Jazar Weibel e Lídyo Roberto Silva)

13. A música e sua qualidade numa prática terapêutica na busca da saúde mental especificamente em episódios depressivos.

(Mariana Lacerda Arruda, Eulide Weibel)

14. A contribuição que a Musicoterapia possibilita aos filhos adultos que perderam suas mães em morte súbita num período de 2 anos e seu processo de luto.

(Daniele Penha Antoniassi, Cinira Juraszek Mezzadri e Perci Klein)

15. A inserção da musicoterapia na área oncológica.

(Gizely Delmonico)

16. Musicoterapia e o atendimento humanizado em ambientes hospitalares.

(Camila Pietrobom, et al.)

17. A qualidade de vida do musicoterapeuta em formação.

(Ana Paula Cervellini, Cinira Mezzadri e Akim R. Neto.)

 

18. Princípios de ISO.

(Camila Siqueira Gouvêa Acosta Gonçalves e Maria Thereza Albach)

19. A psicomotricidade relacional: diversidade de uma prática nas áreas da educação e da saúde.

(José Lopoldo Vieira)

20. O efeito da Musicoterapia na neuropsicologia humana: transformações possíveis.

(Chiara Lorenzzetti)

21. Novos modos de subjetivação na contemporaneidade: as biossocialidades e as possibilidades de singularizações pela música.

(Marly Chagas)

22. Música e acupuntura.

(Augusto Weber)

Associação de Musicoterapia do Paraná

AMT-PR

www.amtpr.com.br

www.facebook.com/amtpr

amt.parana@gmail.com

cel. 41 99797-7556